JORNET - Jornal Escolar AEJMS

NOTÍCIAS

JORNET - Jornal Escolar AEJMS

Tradições do Dia de Reis

Jan/2022 por Jornet



Celebrado no dia 6 de janeiro, o Dia de Reis é popularmente conhecido como o momento em que três Reis Magos do Oriente foram visitar o Menino Jesus acabado de nascer.

As tradições do Dia de Natal e do Dia de Reis, por se comemorarem em datas muito próximas, misturaram-se e alteraram-se ao longo dos tempos. Por exemplo, a troca de presentes acontecia no Dia de Reis, data em que os reis magos ofereceram presentes ao Menino Jesus.

Saiba como se comemora o Dia de Reis em alguns países da Europa.

Em Portugal, principalmente nas aldeias ou cidades pequenas, é comum grupos de vizinhos reunirem-se para “Cantar os Reis ou Janeiras” de porta em porta, acompanhados de instrumentos musicais como os ferrinhos, o acordeão e a viola. Como agradecimento recebem comida e bebida. Também é costume comer Bolo Rei nesse dia e, a quem sair a fava, deve pagar o bolo no ano seguinte. Hoje em dia, o Bolo Rei já não contém um brinde no seu interior, havendo lugares em que a fava vai embrulhada à parte.

Em Espanha o Dia de Reis tem muita importância. É nesse dia que fazem a troca de presentes e em algumas cidades organiza-se o cortejo dos Reis Magos, ao qual chamam a “Cabalgata de Reyes”. Os Reis Magos desfilam em carros bem decorados acompanhados de muitos cavaleiros e lançam doces à assistência. É comum oferecer “Carvão de Azúcar” às crianças e come-se o bolo tradicional que é o “Roscón de Reyes”. Cantam-se os Villancicos, geralmente acompanhados por pandeiretas e castanholas.

Em França come-se a “Galette des Rois” que leva um brinde no seu interior. A galette também costuma trazer uma coroa, pelo que quem encontrar o brinde será rei, nem que seja por uma noite.

Na Alemanha, as crianças se disfarçam de Reis Magos e escrevem as iniciais do nome nas portas das casas.

Na Holanda, Bélgica e Luxemburgo é habitual que grupos de três crianças andem de porta em porta a entoar canções e, em troca, recebem dinheiro ou doces.

Em Itália, a tradição mais conhecida no Dia de Reis é a da “Befana”. Em vez do Pai Natal, uma senhora já com alguma idade toma o seu lugar a distribuir prendas às crianças.

Na Hungria as crianças vestem-se de Reis Magos, transportam presépios nas mãos e vão de porta em porta pedindo moedas.

Na Bulgária, nesse dia, um padre atira uma cruz de madeira para dentro de água e os homens mais jovens devem mergulhar para a resgatar. Visto que nesta altura do ano as águas estão muito frias, reza a lenda que a pessoa que resgatar a cruz vai gozar de boa saúde e de sorte.

Na Irlanda esse dia é considerado o Natal das Mulheres. Neste dia as mulheres descansam depois do trabalho que tiveram entre o Natal e o Ano Novo. Grupos de mulheres juntam-se e partilham uma refeição.

Em Malta a data é celebrada no primeiro domingo do mês onde é habitual a realização de concertos, sendo o principal, da responsabilidade da Orquestra Nacional do país.

Na Finlândia para comemorar o “Loppiainen” há a tradição de fazer bolachas de gengibre em forma de estrela, as “Piparkakut”, ao mesmo tempo que pedem desejos. Para que o desejo se realize, a tradição manda que a bolacha seja partida em três pedaços, na palma da mão, e comida em silêncio.


# Exposição “(In) Diferenças”

Ler +

# Dia Internacional do Professor

Ler +

# DIA INTERNACIONAL DA MULHER- 8 DE MARÇO

Ler +


JORNET - Jornal Escolar AEJMS

 

Top