JORNET - Jornal Escolar AEJMS

1º CICLO

JORNET - Jornal Escolar AEJMS

MUSICAL “A BELA E O MONSTRO”

Jan/2016 por EB1 ZECA AFONSO - 4ºK



Dia vinte seis de novembro de 2015, os alunos do 3º e 4º ano da EB Zeca Afonso foram a Lisboa, pela ponte Vasco da Gama, ao Teatro da Trindade, ver uma peça com o nome “A Bela e o Monstro”.

A peça conta a história de um príncipe que adorava ouro que era obtido através da venda de rosas e que por ser tão ganancioso foi amaldiçoado pela fada Clóris, a fada da natureza, que o transformou num monstro.

Nesta peça entra uma família composta por um velho senhor viúvo com três filhas. As irmãs não se davam muito bem porque Cindy e Gretchen eram muito vaidosas, só pensavam em homens ricos e roupas novas, ao contrário de Bela que gostava muito de livros e só queria o melhor para o pai. Bela limpava a casa e as irmãs preocupavam-se com a beleza.

Um dia, o pai decidiu ir à cidade à procura de uma vida melhor, já que tinha gasto as suas poupanças. Bela pediu-lhe que lhe trouxesse rosas e as irmãs exigiram vestidos.

A meio do caminho, o senhor mercador estava cansado e parou numa floresta junto de um castelo habitado por um monstro e o seu empregado. Ao lembrar-se do pedido da filha mais nova, o senhor colheu uma rosa preta. Nesse momento, detrás de uma árvore apareceu o monstro que zangado o quis tornar seu prisioneiro. O mercador pediu para despedir-se das filhas e o monstro aceitou o seu pedido.

Ao chegar a casa o velho senhor contou o sucedido e Bela ofereceu-se para ir no lugar de seu pai. Sentia-se culpada porque lhe pedira rosas. Dirigiu-se ao castelo do monstro, explicou-lhe a situação e ele libertou o mercador e tornou a filha prisioneira.

No palácio, o mordomo ajudou a rapariga. O monstro disse que estava amaldiçoado e perguntou-lhe se queria casar com ele, Bela respondeu que não.

Algum tempo depois, Gastão foi à procura do monstro dizendo-lhe que Bela era sua noiva. O Monstro ficou muito triste e quando a rapariga regressou conversaram sobre o assunto, mas Bela desmentiu. Gastão voltou ao palácio em busca de Bela, mas o monstro lutou com ele.

Ao voltar da visita ao seu pai, Bela viu o monstro ferido, começou a chorar e beijou-o, dizendo que gostava muito dele. Ao ouvir estas palavras a maldição desapareceu e a fera transformou-se num lindo homem. Belas e o príncipe ficaram noivos, casaram e foram muito felizes.

Quando a peça terminou, os alunos viram o ator da personagem Gastão que lhes deu um autógrafo.
Depois regressaram à escola.

Texto coletivo da turma 4ºK da E.B. Zeca Afonso


# Outono e nostalgias…

Ler +

# De novo na escola

Ler +

# Criança para sempre

Ler +


JORNET - Jornal Escolar AEJMS

 

Top